sábado, 20 de março de 2010

A bailarina

A bailarina rodava em sua caixinha de músicas,flutuava na ponta dos pés,vendo em cada criatura um motivo para ser feliz.
Podia girar por horas,sem temer,pois sabia que se perdesse o equilíbrio,seu soldado de chumbo estaria lá para segurá-la.
Sentia que voava sem o menor esforço,como se borboletas dentro dela a ajudassem a subir.
Dançava com graciosidade,com as luzes refletindo em sua pele branca de porcelana,tão branca quanto a neve,e a delicada música entoando sua vida.
Mas um dia,ao girar,se desequilibrou e ninguém a segurou.
Caiu sentada no veludo vermelho da caixinha,imaginando como aquilo poderia ter acontecido.
E lá ficou,se sentindo cada vez mais solitária e perdida.
Chegou a conclusão que não devemos nos entregar por inteiro a alguém,pois um dia podemos perder o equilíbrio e cair,e ninguém irá nos segurar.
A bailarina caíra por ter entregue seu coração a quem não soube cuidar.No começo,seu
coração doía muito...talvez tenha sido a queda.Mas com o tempo,ele foi ficando empoeirado e sem cor,esperando pelo dia em que bateria fervorosamente de novo...pelo dia em que reencontraria seu soldado.Ela tentou voltar a viver como antes,dançando em sua caixinha de música.Mas já não era mais a mesma coisa.Sua caixa se tornara um lugar lúgubre e escuro.Não havia mais músicas alegres por lá.Até o dia em que ela foi parando de dançar,com aquele ponto vazio em seu peito esperando ansiosamente pelo dia em que voltaria a vida.Com aquele coração,agora entristecido e parado,mas que um dia teria pertencido e amado completamente alguém que não soubera lhe cuidar.


3 comentários:

  1. aii tii foofoo ! *0*
    Mó liçãoo heiin !
    Liindoo ...táh liindo seeu blog mana!
    Beijooks. se cuiida.

    ResponderExcluir
  2. aaah, que foofoo, lindo, lindooo oownntinn *-----*

    beijos.

    ResponderExcluir