segunda-feira, 12 de julho de 2010

Tem dias assim...

A noite chega sorrateira lá fora enquanto eu me encontro num canto escuro do meu quarto.A noite está agradável,mas eu sinto frio.Não um frio comum,do tipo que deixa nossos pés gelados e nos faz bater os dentes.Não!É um frio por dentro.Como se seu coração tivesse se congelado e não fosse mais capaz de bombear calor para o meu corpo.Minha garganta parece apertada,como se tivesse um nó dentro dela.Me sinto completamente sozinha.Mas o que é a solidão?Como posso afirmar que eu estou sozinha?Afinal,ouço claramente a conversa animada e calorosa vindo do cômodo vizinho.Eu podia simplesmente sentar lá com eles,participar da conversa que tudo estaria resolvido!Mas não consigo.Algo me segura no quarto.Não tenho ânimo...não estou com humor para ir até lá.É como se ficar sozinha me consolasse e ao mesmo tempo me esmagasse.Fico olhando para meu celular,mas não há nenhuma reação extraordinária acontecendo com ele.Começo a me sentir sufocada.E só desejo que isso acabe logo.Meus pensamentos são interrompidos por um barulho.Olho e vejo meu celular vibrando.Pego-o ansiosa e leio a mensagem.E aquelas duas simples palavras me renovam.Apenas duas palavras,que podem não parecer ter muito significado,mas para mim é como a salvação:AMO VOCÊ.E eu de repente me sinto bem!É como dormir depois de noites sem sono,como saborear uma refeição depois de um dia inteiro sem comida,como tirar uma boa nota numa prova que você tinha certeza que iria muito mal.E então eu descubro o que é a solidão:é estar cercada de pessoas,num dia lindo,mas sentir falta de apenas uma pessoa,uma única pessoa que faz toda a diferença na sua vida.E você sabe que depois de falar com ela,tudo fica bem.E você simplesmente não se sente mais sozinho...

Nenhum comentário:

Postar um comentário